Força Nacional irá ajudar a combater violência no RS - PinheirOnline

Post Top Ad

Responsive Ads Here
Força Nacional irá ajudar a combater violência no RS

Força Nacional irá ajudar a combater violência no RS

Share This
Resultado de imagem para força nacional de segurança

O presidente em exercício Michel Temer autorizou, na sexta-feira, que cerca de 150 militares da Força Nacional poderão atuar no Rio Grande do Sul. A medida atendeu a um pedido do governador José Ivo Sartori, que foi até Brasília buscar apoio da União para enfrentar a atual crise no setor de segurança pública.

Vale lembrar que o governo do Estado constituiu, na madrugada de ontem, o Gabinete de Gestão da Segurança Pública, que será coordenado pelo vice-governador José Paulo Cairoli. A medida ocorreu após o pedido de exoneração do ex-secretário da Segurança, Wantuir Jacini, durante reunião da cúpula do Executivo para tratar do agravamento da violência no Estado. Ao final da reunião, Cairoli anunciou a criação do gabinete, em coletiva de imprensa, no Palácio Piratini. "Reconhecemos nossa responsabilidade e estamos agindo com gestão. Vamos planejar e antecipar as ações da segunda fase do Plano Estadual de Segurança, anunciado em 30 de junho”, disse.

Cairoli reconheceu ainda o agravamento da violência nas últimas três semanas e respondeu por que o governo decidiu pedir à União o efetivo da Força Nacional para fazer a segurança externa dos presídios e liberar os brigadianos para o policiamento ostensivo.

"Criamos as condições agora, sem perder o foco no equilíbrio das contas públicas, para pagar o custo elevado que é manter a Força Nacional", completou.

http://www.jornalfolhadosul.com.br/noticia/2016/08/27/forca-nacional-ira-ajudar-a-combater-violencia-no-rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação e caso não enquadrem-se na política de comentários serão rejeitados.

De maneira alguma será uma forma de barrar a participação dos leitores, mas sim como ja foi dito, de manter um debate de alto nível. Caso tenha dúvida consulte a Política de comentários.

Ao escrever, pense como se o proprietário do blog. E que você pode ser responsabilizado judicialmente pelos comentários.

Mesmo assim, antes de comentar, procure analisar se o seu comentário tem realmente algo em comum com o assunto em questão.

Comentários em tom ofensivo, ou que acusem diretamente pessoas envolvidas ou não nas postagens não serão publicados.

Obrigado e não deixe de comentar.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages